GEAP PRORROGA PRAZO DE REFIS POR MAIS DOIS MÊSES

O Programa de Refinanciamento de Dívidas (Refis) da Geap foi prorrogado por mais 60 dias. Lançado em maio deste ano, com período de duração estipulado em seis meses, venceria no próximo dia 14. Agora, com o novo prazo até 14 de janeiro, os beneficiários têm mais tempo para parcelar e quitar seus débitos com até 95% de desconto, dependendo do cenário de negociação. Outra vantagem do programa é o parcelamento do valor da entrada e do saldo remanescente.

Desde que foi lançado, o Refis colaborou para o retorno de beneficiários aos planos da Geap. Para o Diretor-Executivo da Geap, Leopoldo Jorge Alves Neto, a ampliação do prazo possibilita, ainda mais, essa volta. “Devido ao sucesso do programa, decidimos prorrogar para oferecer mais oportunidades. Dar alternativas para que o beneficiário fique em dia com os planos é nossa prioridade”, pontuou.

Os interessados podem comparecer à sede da Geap, que está presente em todos os Estados brasileiros. Ou, se preferirem, ligar para a Central Nacional de Teleatendimento: 0800 728 8300 e escolher a opção Informações Financeiras.

 

O Refis foi criado para atender cada um desses cenários de negociação:

1º Cenário:
Público cancelado com dividas de até R$ 200,00 (duzentos reais), incluindo as receitas de contribuição, participação, encargos, parcelamento e o saldo de coparticipação. Será concedido, nesse caso, um desconto de 95% (noventa e cinco por cento) no total da dívida.

2º Cenário:
Público cancelado com dívidas acima R$ 200,00 (duzentos reais) até R$ 2.000,00 (dois mil reais).
Benefício da negociação: Desconto de 10% no total da dívida, com entrada mínima de 10% do valor restante. Parcelamento da entrada em até 6 vezes sem juros, e parcelamento do saldo remanescente em até 24 vezes, com juros de 1% ao a.m, sendo que a cobrança de juros será a partir da 13ª parcela. Para pagamento à vista, será concedido mais 10% de desconto, além do estabelecido.

3º Cenário:
Público com dívidas entre R$ 2.000,00 (dois mil reais) até R$ 5.000,00 (cinco mil reais).
Benefício da negociação: Desconto de 20% no total da dívida, com entrada mínima de 10% do valor restante, com a possibilidade de parcelamento da entrada em até 6 vezes sem juros, e parcelamento do saldo remanescente em até 48 vezes com juros de 1% ao a.m, sendo que a cobrança de juros será a partir da 13ª parcela. Para pagamento à vista, será concedido mais 10% de desconto, além do estabelecido.

4º Cenário:
Público com dívidas entre R$ 5.000,00 (cinco mil reais) até R$ 40.000,00 (quarenta mil reais).
Benefício da negociação: Desconto de 40% no total da dívida, com uma entrada mínima de 10% do valor restante, com a possibilidade de parcelamento da entrada em até 6 vezes sem juros, e parcelamento do saldo remanescente em até 60x com juros de 1% ao a.m, sendo que a cobrança de juros será a partir da 13ª parcela. Para pagamento a vista será concedido mais 10% de desconto além do estabelecido.

5º Cenário:
Público com dívidas totais acima de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais).
Benefício da negociação: Desconto de 90%, com entrada de 20% e parcelamento em até 60 vezes com juros de 1% ao a.m, sendo que a cobrança de juros é a partir da 13ª parcela.
Benefício da negociação: Desconto de 90% no total da dívida, com uma entrada mínima de 20% do valor restante, com a possibilidade de parcelamento da entrada em até 6 vezes sem juros, e parcelamento do saldo remanescente em até 60 vezes com juros, sendo que a cobrança de juros será a partir da 13ª parcela.

As regras do Refis não foram alteradas. Permanecem aptos ao programa aqueles que possuem dívidas de 14/02/2018 para trás, ou seja, valores em aberto acima de 90 dias a contar da implantação do programa, que foi 14/05/2018.

Arquivos

   Av. Francisco Glicério, 1329 - 3º andar - conj. 31 - Centro - Campinas/SP

 Telefone: (19) 3235-2111

 secretaria@asplaf.org.br

© 2018 ASPLAF - Todos os direitos reservados.